A pesquisa qualitativa e quantitativa não são antagonistas. Às duas possuem vantagens e desvantagens, pontos positivos e pontos negativos. O melhor método é sempre aquele que vai dar conta de responder à pergunta do pesquisador. 

O que é pesquisa qualitativa?

Veja as principais diferenças entre pesquisa qualitativa e quantitativa

  • A pesquisa quantitativa lida com números e modelos estatísticos e a pesquisa qualitativa lida principalmente com a interpretação de textos;
  • Enquanto a pesquisa quantitativa se concentra em algumas variáveis para estudar um número grande de casos, a pesquisa qualitativa se concentra em um ou em poucos casos;
  • Na pesquisa quantitativa, uma amostra representativa assegura a possibilidade de generalização dos resultados. A pesquisa qualitativa demanda uma reflexão sobre até que ponto os resultados podem ser generalizados;
  • Na pesquisa quantitativa, os métodos são mais rígidos e na pesquisa qualitativa, são mais flexíveis.
  • Enquanto a pesquisa quantitativa produz resultados generalizáveis, a pesquisa qualitativa mostra os aspectos subjetivos de um fenômeno.

Veja agora 5 publicações essenciais para se aprofundar mais em pesquisa qualitativa.

Qual a relevância do uso da pesquisa qualitativa e quantitativa?

A importância de combinar métodos quantitativos e qualitativos já é consensual entre os pesquisadores. 

As abordagens multimétodos permitem que um mesmo objeto seja analisado de maneiras diferentes. 

57
Pode dar aquela ajuda pro Ibpad?

Você trabalha com Política?

Obrigado!!!

E a segunda técnica metodológica pode ser utilizada para confirmar ou para complementar os resultados da primeira. 

Veja na imagem abaixo a sistematização proposta por Ranulfo Paranhos e colegas (2016). 

Se cada técnica metodológica traz uma contribuição específica (A ou B), a abordagem multimétodo pode dar origem a uma interpretação ainda não explorada (C). 

grafico

Saiba quais são os 3 exemplos de pesquisa qualitativa na Psicologia.

Veja 3 trabalhos que utilizam pesquisa qualitativa e quantitativa

Trabalho 1: Dados eleitorais e entrevistas semiestruturadas

Henrique Curi utiliza uma abordagem multimétodo para compreender o sucesso eleitoral do PSDB no estado de São Paulo. 

O autor analisa quantitativamente o número de cidades paulistas em que o PSDB lança candidatos e o número de prefeitos e vereadores peessedebistas eleitos. 

Além disso, aplica entrevistas qualitativas a sete integrantes do partido. O nome do artigo é “Ninho dos Tucanos: o PSDB em São Paulo (1994-2018)” e ele foi publicado na Revista Opinião Pública. 

O sucesso eleitoral do PSDB em São Paulo

As duas abordagens metodológicas mostram que o PSDB de São Paulo tem uma organização interna muito bem institucionalizada. 

Nos últimos anos, o partido lançou candidatos em mais da metade das cidades paulistas. A taxa de prefeituras conquistadas fica em torno de 30%, enquanto a representação legislativa chega a 80%. 

E as entrevistas mostram o sucesso de deve ao controle que a Executiva estadual do partido exerce sobre as subunidades municipais. 

Conheça quais são as ferramentas utilizadas na pesquisa qualitativa.

Trabalho 2: Surveys e entrevistas abertas

A abordagem multimétodo é utilizada no artigo “Os sentidos do trabalho para profissionais de enfermagem: um estudo multimétodos”

O objetivo dos autores Andrea Rodrigues, Alcides Barrichello e Estelle Morin era entender o que os enfermeiros pensam sobre sua profissão. Por que trabalham? Como é a sua rotina profissional? Qual é a importância da sua profissão? 

Para isso, eles aplicam questionários a enfermeiros e técnicos de enfermagem de 11 hospitais. Essa é a parte quantitativa do trabalho. 

A parte qualitativa compreende observação da rotina dos hospitais e entrevistas abertas com pessoas que lá trabalhavam. O artigo foi publicado na Revista de Administração de Empresas

Piores condições de trabalho nos hospitais privados

Quando comparados aos colegas que trabalham no SUS, os funcionários dos hospitais particulares apresentam índices mais altos de estresse e têm poucas oportunidades de aprendizagem e de desenvolvimento. 

E as entrevistas abertas mostram que a escolha da profissão não está relacionada à vocação. 

A maioria das entrevistadas eram mulheres que enfrentavam longas jornadas de trabalho para melhorar as condições socioeconômicas da família.

Qual a relevância do uso da pesquisa qualitativa e quantitativa?

Frequência de postagens e Análise de Conteúdo qualitativa

Para entender como a Câmara dos Deputados, o Senado Federal, o Palácio do Planalto e o STF se comunicaram com os cidadãos durante o impeachment de Dilma Rousseff, o professor Jamil Marques e seus colegas fazem um estudo quanti-quali no artigo “What do State Institutions say? Twitter as a public communication tool during the impeachment of Dilma Rousseff”. 

Na parte quantitativa, eles olham para o número de tweets que essas instituições publicaram e os termos utilizados. 

E para entender como elas abordaram o impeachment, eles fazem uma Análise de Conteúdo qualitativa. O artigo foi publicado na Brazilian Political Science Review.

Câmara, Senado, Planalto e STF falaram sobre o impeachment de maneiras diferentes 

O Senado Federal foi a instituição que mais tuitou sobre o assunto e a palavra mais utilizada foi “impeachment”

Somente o Planalto usou com frequência a palavra “golpe”. A Análise de Conteúdo mostra que a Câmara dos Deputados e o STF divulgaram mais notícias sobre o tema, o Senado Federal postou sobre as etapas do processo e o Palácio do Planalto utilizou o Twitter para defender Dilma. 

---
Para quem quer se aprofundar mais no uso de dados na política, o Ibpad lançou uma Formação completa com quatro cursos incríveis, confira:

Dados & Mapas – Identifique regiões de eleitores leais utilizando bases geolocalizadas
Pesquisas Eleitorais – Para tomar decisões corretas utilizando pesquisas de opinião
Pesquisa Qualitativa – Para entender como os eleitores pensam utilizando grupos focais
Inteligência de Dados em Mídias Sociais – Para quem quer ser relevante nas redes monitorando e analisando dados online